Jovem Morre e sua mae ferida, após serem atingida por motorista embriagado

Jovem Morre e sua mae ferida, após serem atingida por motorista embriagado

karoline
Jovem Morre e sua mae ferida, após serem atingida por motorista embriagado
Oque Acha do Nosso Site?

Testemunhas disseram que carro estava em zigue-zague pela avenida onde ocorreu o acidente. Motorista fez o teste do bafômetro que apontou a presença de 0,81 miligramas de álcool por litro de ar expelido.

Uma jovem morreu em um acidente entre uma motocicleta e um carro modelo Uno, na noite de sábado (27) em Cáceres, a 220 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, Joselaine Clara Alves, de 26 anos, pilotava uma motocicleta que foi atingida pelo veículo. A mãe dela, Leoncia Lopes Alves, de 59 anos, estava na garupa da moto. Joselaine foi socorrida e morreu no Hospital Regional de Cáceres.

De acordo com a PM, o acidente ocorreu na Avenida Tancredo Neves, no Bairro Cohab Nova. O motorista do Uno, Paulo Henrique Ferreira da Silva, de 21 anos, disse à polícia que dirigia pela avenida e fez uma manobra para entrar na lateral e estacionar em uma lanchonete.

Ele afirmou que, ao fazer essa manobra, não viu a moto de Joselaine, que estava no sentido contrário, e ocorreu a batida. Testemunhas disseram à PM que o veículo de Paulo estava em zigue-zague pela avenida.

Os policiais perceberam que o motorista estava com sinais visíveis de embriaguez. Paulo Henrique foi encaminhado para fazer o teste do bafômetro no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Cáceres. O teste apontou a presença de 0,81 miligramas de álcool por litro de ar expelido.

Pela Lei Seca, o motorista é preso quando apresenta mais de 0,33 miligrama de álcool por litro de ar expelido no bafômetro. Até este limite, ele é punido com multa de R$ 1.915, mais sete pontos na carteira de habilitação.

O condutor também deixa de poder dirigir por um ano, mas a proibição só passa a valer quando não couber mais recurso.

Joselaine e a mãe dela foram levadas para o Hospital Regional de Cáceres. A jovem morreu no hospital e a mãe dela não teve graves ferimentos.

Conforme a Polícia Civil, o motorista foi atuado em flagrante, sem direito à fiança, e encaminhado para a Cadeia Pública de Cáceres. No momento da autuação a morte de Joselaine ainda não tinha sido atestada pelo hospital.

Informações de G1